segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Plano de Metas 2009

Este sou eu escrevendo sobre “promessas de ano novo”:
Bla bla bla bla bla bla – já foi dito antes;
Bli bli bli bli blibli bli bli bli – já escreveram sobre isso;
Ble ble blo ble blo ble ble blo – tem até uma poesia sobre o assunto!

Analisando tudo que tentei escrever, com toda certeza, consigo resumir em 5 palavras:
Não trace metas para 2009! Para ano algum!
Não me levem a mal. Sou um ser humano como qualquer outro. Criar uma lista de planos para o ano é brincar de roleta russa com 5 balas! Qualquer listinha que eu tenha feito, com as coisas que gostaria de fazer ou ter, se tornaram um verdadeiro mapa da frustração.
Estabelecer metas, com prazo determinado (fim do ano) é uma atitude extremamente perigosa. Diferente de você ter que terminar aquela planilha até sexta-feira.
Por que?
Ora porque metas não são objetivos! Metas são marcos, balizas. Uma finalidade. Um fim.
Um objetivo é algo a ser alcançado. É o objeto de uma ação, de uma idéia. Um alvo. Um propósito. Um objetivo não tem prazo. Um objetivo carece de evolução, aprendizado contínuo, contato com o que o cerca, é um caminho, que muitas vezes vale a viagem. Uma meta sacrifica, isola, rompe, concentra. Geralmente é um esforço, uma dor, que só trará alegria ou prazer quando chegar ao fim. Muitas vezes a frustração acompanha a meta. Você se boicota, desiste, esquece, porque diante da meta, você só enxerga o sacrifício do caminho. BANG!
É aí que a roleta russa fica perigosa e cheia de balas!
A meta frustra quando não atingida. O objetivo realiza aqueles que, no mínimo buscaram por ele. Dê um descanso para você. Abandone suas metas (pelo menos aquelas que não te farão perder o emprego). Estabeleça objetivos de vida. Aqueles que nascem dos seus sonhos. Aqueles que se justificam por si só. Objetivos que não lhe trarão dinheiro, carros, nem status. Objetivos que lhe trarão paz de espírito, harmonia e principalmente alegria. Daqueles que você se sentirá grandioso mesmo não precisando contar para ninguém.
Esqueça que estabeleceu aprender a tocar gaita, perder 8 quilos, viajar para a África do Sul e comprar um carro até o final 2009. Esqueça as datas. A vida é dinâmica e cíclica. Como crianças girando dentro de pneus. Os ciclos bem vividos é o que nos levam para frente. Não uma lista de metas.
Busque em 2009 tudo aquilo que ama fazer e lute por tudo aquilo que precisa lutar e precisa ser feito, não importa quanto tempo leve. Gandhi levou uma vida inteira para libertar um país e o fez pela forma como viveu, como girou dentro do pneu, como agiu por seus sonhos e objetivos.
Não era bem isso que eu deveria ter escrito... mas se quiser, pode ficar com o resumo da idéia: não trace metas para ano algum. Viva a vida bem vivida e alcançará o maior objetivo.

17 comentários:

Deisinha Rocha disse...

jurei q vc ia falar de suas metas...

adoro ver metas das pessoas...

mas fazer q é bom...
hum-hum...

pq sei q não vou nem correr atrás pra tentar cumrpi-las...

=]


mas acho q traçar uma lista de objetivos seria uma lista de metas mais bonitinhas, não?!


bem...

tbm não dá pra viver sem algum objetivo nessa vida...

Carlos Junior disse...

é sempre dificil segui-las

sempre nos esquecemos!

espero q vc nao se eskeça das suas

bewlo texto

bjao

Carlos Junior disse...

a qto tempo tem o blog?

soublogueiro disse...

Noss, é táo ruim se frustar mesmo com as metas para 2009!
Eu sempre espero cumprir, mas nem sempre cumpro tudo!

Carlos Junior disse...

rui kra?

é pessimo

ADEADE - TS disse...

Olá Felipe,
Interessante sua reflexão ...Metas e, mais interessante é ver como é dificil para ser humano concordar...Existe uma comparação simples:se vc vai ao mercado comprar leite.....(sua meta)nunca, nunca mesmo,vc sairá de lá somente com o leite, não é??? "O MAIS CORRETO É VIVER UM DIA APÓS O OUTRO COMO SE FOSSE O ÚLTIMO"...não é mesmo???

Lara Monteiro disse...

Realmente nos faz pensar.

Amisadai disse...

nos faz pensar muito

fazer metas é acreditar no sucesso

JUlio disse...

O esforço é fundamental para se conseguir algo.
Gostei da reflexão,tenho uma opinião parecida.

War Inside My Head disse...

É MUITO IMPORTANTE TER METAS E OBJETIVOS NO DECORRER DA VIDA, ACHO QUE ASSIM DESSA FORMA, CENRALIZAMOS NOSSOS FOCOS E GANHAMOS TEMPO COM ISSO!
ADOREI O BLOG E GOSTARIA DE ME TORNAR SEGUIDOR, ASSIM COMO EU GOSTARIA QUE VCS SEGUISSEM O MEU BLOG TB!
ABRAÇOS

http://yaseryusuf.blogspot.com/

Caio Gomes (CCG) disse...

nossa disse tudo viu
essas metas que traçamos acaba nos frustrando, pois, quando não as atingimos, ficamos nervosos, isso não dah muito certo
temos que viver a vida naturalmente, promessas são faceis de não acontecer, infelizmente...
adorei seu blog ^^

http://rockexpressao.blogspot.com/

Marcelle Lins disse...

Oii Gente,

Passandoo aki pra dizerr q é uma honra dar a vcs outro selinho!

Depois passem no meu blog, tá !

Beijoss

MaFê Senger disse...

É!

Viver (no) Bem é a melhor 'vingança'.

Viver (no) presente, onde apenas a respiração que acontece agora vale.

BeijOM,

Giuliana disse...

Muito bom o blog!
Tem um selo pra voces lá no meu ;)

Beijoo e parabens !

b disse...

Simplicidade e humildade, é o que faz circular a vida no pneu.
O resto, pode ser muita arrogância ou ilusão.
Há destino e pré destino.
Destino é o lance do pneu, como vc falou, viver o dia bem.
Pré destino é o que pode atolar, furar o pneu.
A gente não controla tudo não.
Texto de um realismo amoroso, este seu.
Parabéns.
Devia ter escrito sim!

O Autor Do Submundo disse...

"O Autor Do Submundo" indicou o "GRUPO MÃOS" para o Prêmio Meme; depois passa lá para pegar o selo, caso não o tenha... Parabéns!

Fábio Flora disse...

Entendo seu raciocínio, mas penso diferente. Acho que precisamos de metas, sim. É bom ter sonhos, planos, lutar para realizá-los – e, claro, realizá-los. Buscar o que desejamos é o nos mantém vivos.

Abraços e sucesso com o blog!